ANGELA DIEL

(Mezzo-soprano)

Destaca-se entre as vozes brasileiras mais apreciadas no Brasil e no exterior. Segundo o crítico Guido Borgomanero, de Curitiba, “...possui uma bela voz, de timbre aveludado, bem calibrada, de puro metal, que não deixa de encantar e deleitar todos aqueles que têm a sorte de ouvi-la.”

Prêmio "melhor voz feminina" no conceituado Concurso Nacional Carlos Gomes, no Rio de Janeiro, tem realizado brilhante carreira com numerosas atuações em óperas, tais como Carmen, de Bizet; Il Trovatore, La Traviata e Rigoletto, de Verdi; A Flauta Mágica e Così Fan Tutte, de Mozart; Cavalleria Rusticana de Mascagni; Il Matrimonio Segretto, de Cimarosa; Ivgueni Oniéguin, de Tchaikovsky; Das Rheingold, de Wagner (no papel de Erda); e Salomé (no papel de Herodíade), de R. Strauss.

Também tem sido solista junto a prestigiosas orquestras: Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, Orquestra da PUCRS, Sinfônica da UCS, Orquestra da ULBRA, Orquestra do Theatro São Pedro, Orquestra UNISINOS, Orquestra do Theatro Municipal de São Paulo e Orquestra Sinfônica Teatro Nacional Cláudio Santoro de Brasília, entre outras.

 

Atua em Oratórios, Sinfonias e Cantatas do mais alto repertório.

Tem obtido importante reconhecimento por suas gravações, tais como o prêmio Açorianos de Música de Melhor Intérprete Erudito pelo CD Canto Brasileiro, além do CD Cantares e pelas participações no Oratório de Natal, de Saint-Saëns, em Pedra Mística, de Antonio Borges Cunha, na Missa de Domingos Zípoli, em Salmos, do Pe. José Maurício, sob a regência de Roberto Duarte.

Angela Diel é fundadora da Casa da Música POA - um dos mais importantes espaços de ensino e de recitais do Estado - e é curadora das séries levadas na própria Casa da Música, Clássicos na Pinacoteca - na Pinacoteca Ruben Berta - e Concertos Capitólio - na Cinemateca Capitólio Petrobras.

Sua intensa atividade em recitais leva-a às mais renomadas salas de concerto do Rio Grande do Sul, seu Estado de origem, e de muitos outros Estados do Brasil, além da Argentina, Uruguai, Portugal, Alemanha, França, Chile, Bélgica e Luxemburgo, acompanhada por célebres pianistas, com ênfase nos repertórios alemão e brasileiro.

AGENDA LÍRICA
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
Copyright © 2018 Agenda Lírica