A Orquestra de Câmara Theatro São Pedro – OCTSP, seguindo sua tradição de espetáculos que buscam despertar o gosto pela música de concerto desde a infância e a pré-adolescência, apresenta a série Concertos Banrisul para Juventude, destinada a jovens das escolas da rede pública municipal e estadual, previamente inscritas. Cada apresentação reunirá em torno de 550 alunos, preferencialmente, entre 09 e 12 anos de idade.

Realizado pelo Ministério da Cultura e BANRISUL, com financiamento via Lei Federal de Incentivo à Cultura, a série Concertos Banrisul para Juventude foi idealizada para iniciar os estudantes no universo da música de concerto. A atuação é didática, com repertório especialmente preparado para as crianças e apresentado de forma lúdica. Neste ano, conta com a participação especial do cachorro Miranda interpretado pelo ator Juliano Rossi e tem a participação da soprano Raquel Fortes. A jovem plateia poderá ver a orquestra representada por toda a sua família de instrumentos (cordas, madeiras, metais, percussão e voz), resultando em uma experiência completa.

A regência será compartilhada entre os Maestros Evandro Matté, que é também o diretor artístico, e André Munnari.

           

A temporada de 2018 teve seu início em junho, mas já acontece há 18 anos e a cada apresentação se mostra cada vez mais relevante para a formação de plateia, orientação e acesso a um estilo musical e ambiente diferenciado, sendo uma experiência ímpar nessa esfera cultural para as mais de 100 mil crianças que já estiveram nos Concertos Banrisul para a Juventude.

 

       

            Informações e inscrições podem ser obtidas pelo site: http://www.orquestratsp.com.br/programacao/concertos-banrisul-para-juventude/.

           

           

Segue um pouco mais sobre o elenco artístico e repertório.

 

Evandro Matté 

É diretor artístico e maestro da Orquestra de Câmara Theatro São Pedro - OCTSP, Orquestra Sinfônica de Porto Alegre - OSPA, da Orquestra Unisinos Anchieta e diretor artístico do Festival Internacional SESC de Música, que acontece em Pelotas (RS – Brasil). Realizou sua formação musical na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, na University of Georgia (EUA) e no Conservatoire de Bordeaux (França). Trompetista da Ospa desde 1990, é também coordenador cultural da UNISINOS e pós-graduado em Gestão Empresarial. Esteve à frente de orquestras do Uruguai, Argentina, Itália, China, República Checa, EUA e Alemanha. É coordenador do projeto social Vida com Arte, que atende 120 crianças, proporcionando inclusão social através da música.

 

André Munnari 

É Regente do Coral Zemer da Na'amat Pioneiras, assistente da direção artística da Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro – OCTSP, assistente administrativo da Orquestra Unisinos Anchieta e professor de música. É Bacharel em Música – habilitação Regência Coral/ UFRGS. Realizou estudos acadêmicos de regência coral sob orientação dos professores Vilson Gavaldão de Oliveira, MSc. e Jocelei Bohrer, PhD. no Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Como prática de atividades acadêmicas, foi regente do coro feminino do Departamento de Música da UFRGS durante dois anos. Participou de masterclass em regência orquestral com o maestro Zvonimir Hačko (Áustria/EUA), com o maestro Dr. Linus Lerner (Brasil/EUA) e, recentemente, participou em curso de direção orquestral com o maestro Cláudio Ribeiro (Brasil).

 

Juliano Rossi

É um artista transdisciplinar, ator/bonequeiro, músico, poeta, cenógrafo, construtor de bonecos, fotógrafo, ilustrador, designer, produtor cultural e de vídeos, diretor de criação e estilo da Muié Colores e da agência de marketing Digital Cultural Os Divulgadores. É co-fundador da empresa Dança e Saúde. Atua desde 2009 no marketing digital divulgando seu trabalho e o de outros artistas. É responsável pelo lançamento e treinamento de diversos artistas no mercado digital.  Seus premiados trabalhos de cenografia circulam pelos maiores festivais de artes do Brasil.

Suas ilustrações encontram-se em galerias nacionais e internacionais. Seus projetos incorporam ideias de gestão e desenvolvimento sustentável.

 

 

Raquel Fortes

Bacharel em Canto Lírico pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Integrou a classe de jovens cantores do Opera Studio do Theatro Municipal de São Paulo, interpretando Primeira Dama e Rainha da Noite da ópera "A Flauta Mágica" de Mozart. Na UFRGS, fez parte dos elencos das óperas “Dido e Enéias” e “Orfeu” de Claudio Monteverdi. Apresenta-se com as principais orquestras do Rio Grande do Sul e tem como orientador vocal o tenor Flávio Leite, além de participar de masterclasses com profissionais de carreira nacional e internacional.

 

 

Repertório | Concertos Banrisul

Regência Evandro Matté

 

Ernani Aguiar | Quatro Momentos nº 3 (I Movimento)

 

Carlos Gomes | Serenata p/ Cordas | O Burrico de Pau

 

Wolfgang Amadeus Mozart | Ópera “A Flauta Mágica” | Ária “A Rainha da Noite”

Solista: Raquel Fortes

 

Choros do Brasil *

Quarteto de Madeiras

 

Medley Clássico para Metais**

 

John Williams | Harry Potter**

 

Games**

 

Temas de Desenhos Animados | Seleção***

 

Arranjos: *David Coelho

                               **Alexandre Ostrovski

                     ***Silvio Sandro

Assessoria de imprensa: Ester Chaves

ATMOS FERA

Contatos: +55 54 999987307

atmosferacultura@gmail.com

AGENDA LÍRICA
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
Copyright © 2018 Agenda Lírica