top of page
Buscar

EXPERIENCIE TURANDOT NA TELONA


A SOPRANO UCRANIANA LIUDMYLA MONASTYRSKA COMO A PRINCESA TURANDOT


A temporada 2021-22 ao vivo em HD continua, quando a maior obra-prima operística de Puccini, Turandot, chega aos cinemas no sábado, 7 de maio.


As sopranos Christine Goerke e Liudmyla Monastyrska dividem o papel-título da lendária princesa de coração gelado nesta famosa produção de Franco Zeffirelli para o MET. Os tenores Yusif Eyvazov e Yonghoon Lee se alternam como Calaf, o príncipe determinado a conquistar o amor de Turandot, ao lado das sopranos Gabriella Reyes, Michelle Bradley e Ermonela Jaho como a devota serva Liù e o baixo-barítono James Morris e os baixos Alexander Tsymbalyuk e Ferruccio Furlanetto como o rei cego Timur.

Marco Armiliato conduz a emocionante partitura de Puccini.


SOBRE A ÓPERA

Sua estreia mundial se deu no Teatro Alla Scala, Milão, 1926. A última ópera de Puccini é um conto de fadas épico ambientado em uma China de lendas, vagamente baseado em uma peça do dramaturgo italiano do século XVIII Carlo Gozzi. Apresentando incomum e inovador uso de coro e orquestra, mas sem perder as características Puccinianas, a cena final da ópera foi completada pelo compositor Franco Alfano, após a morte repentina de Puccini . O maestro Arturo Toscanini supervisionou a contribuição de Alfano e liderou a estreia mundial.


Na peça de Gozzi, os personagens originais da commedia dell'arte foram transpostos da Itália para a China e eram membros da corte imperial. Seus comentários satirizaram a política veneziana e os costumes da época. Puccini e seus libretistas dispensaram tal crítica. A China da ópera, ambientada em “tempos lendários”, é um reino mítico visto da perspectiva exótica dos europeus do século XX.


A orquestra de Turandot exige uma grande variedade de instrumentos, incluindo saxofones alto, celesta, xilofone baixo, harpas e um órgão. Existem vários temas chineses genuínos que são integrados à partitura de maneira suave e brilhantemente original, incluindo o grande hino imperial no Ato II. A ópera também contém momentos de pura beleza melódica na veia mais lírica de Puccini, em especial na celebrizada ária de triunfo do tenor, “Nessun dorma”, que abre o Ato III.


SOBRE OS AUTORES

Giacomo Puccini (1858–1924) foi imensamente popular em vida, e suas obras maduras continuam fazendo parte do repertório da maioria das companhias de ópera do mundo. Franco Alfano (1875-1954) escreveu nove óperas, das quais Cyrano de Bergerac (1936) ainda é ocasionalmente apresentada hoje. Os libretistas de Turandot foram o dramaturgo Giuseppe Adami (1878-1946), que já havia trabalhado com Puccini em Il Tabarro e La Rondine, e o jornalista Renato Simoni (1875-1952).


Adquira seu ingresso online aqui:

bottom of page