PUCRS Recitais

"FESTIVAL VIVALDI"

No mês em que a PUCRS completa 70 anos, o Instituto de Cultura e o Centro de Pastoral e Solidariedade promovem um grande concerto comemorativo com o tradicional cântico de Maria, o “Magnificat”, que é inspiração para toda a obra Marista no mundo. O texto do cântico vem diretamente do Evangelho segundo Lucas (1:46-55) onde é recitado pela Virgem Maria na ocasião da visita de sua prima Isabel. Na narrativa, após Maria saudar Isabel, que está grávida daquele que será conhecido como João Batista, a criança se mexe dentro do útero de Isabel quando esta louva Maria por sua fé,  e então Maria entoa o cântico Magnificat: “Minha alma engrandece ao Senhor e meu espírito se alegra em Deus...”

 

O PUCRS Recitais de novembro traz o “Festival Vivaldi”, com o Sphaera Mundi Orquestra, grupo especializado em música de câmara, os solistas Brigitta Calloni e Ariel Polycarpo (violino), Cíntia de Los Santos (soprano), Clarisse Dienfenthäler (mezzo-soprano) e Leonardo Menin (tenor), além do Coral da PUCRS que tem a regência do maestro Marcio Buzatto, preparação vocal de Cíntia de Los Santos e acompanhamento ao piano de Mariane Kerber. O programa é dedicado inteiramente ao italiano Antonio Vivaldi (1678-1741), um dos mais celebres compositores do período barroco e também de toda história da música ocidental, começando pelo Concerto para Cordas em Sol Menor RV157, depois “O Verão”, de As Quatro Estações RV315 e “O Grande Mogul” RV208 e encerra com o “Magnificat” RV610, com Sphaera Mundi Orquestra, Coral da PUCRS e solistas.

Este é o último da série PUCRS Recitais 2018, que retornará no primeiro semestre de 2019 com nova programação e muitas atrações.

CINTIA DE LOS SANTOS (soprano)

Cintia de los  Santos, soprano lírico com carreira internacional, é Licenciada em Música pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Natural de Porto Alegre, atua no cenário musical erudito desde 1992 como cantora lírica, professora de Canto e preparadora vocal de grupos Corais, sendo convidada para ministrar cursos de técnica vocal em Painéis de Regência e Laboratórios Corais realizados pela FECORS e Festivais de Música realizados em países da América Latina. Atualmente finaliza a sua segunda publicação de “A Arte da Técnica Vocal – Caderno 2” pela EDIPUCRS e o seu CD “Serenata” com árias para Soprano e Pianoforte pelo projeto FUMPROARTE. É a preparadora vocal dos Corais da PUCRS, PROCERGS, Coral Ítalo-Brasileiro e do Coral VIVA LA VIDA em Porto Alegre. Faz preparação de repertório sob a orientação do barítono Carlos Rodriguez.

CLARISSE DIEFENTHÄLER (mezzo-soprano)

Nascida em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Bacharel em Música pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, iniciou seus estudos musicais aos nove anos de idade, através do piano. Em 2008, ingressou na Universidade Federal do Rio Grande do Sul onde se graduou em Música com ênfase em Regência Coral, sob orientação do professor Jocelei Bohrer. Desde então, tem participado de masterclasses com nomes como Kismara Pessatti (Paraná), Juremir Vieira (Brasil/Suíça), Marília Vargas (Brasil/Suíça), Carla Maffioletti (Brasil/Holanda), Carlo Colombara (Itália), Martha Herr (Estados Unidos/Brasil), Homero Velho (São Paulo) e Alessando Sangiorgi (Itália/Brasil). Como solista, atuou com a Orquestra Unisinos Anchieta, Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro e Orquestra Sinfônica da Universidade de Caxias do Sul, sob regência dos maestros Evandro Matté, Antônio Borges-Cunha e Manfredo Schmiedt, respectivamente. Em 2017, foi selecionada para a masterclass da Royal Opera House, com David Gowland e André Heller-Lopes, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Atualmente, é orientada pelo barítono Carlos Rodriguez (Brasil/Holanda).

LEONARDO MENIN (tenor)

Teve os primeiros contatos com o canto em sua cidade natal, Bento Gonçalves/RS, aos 15 anos, quando integrou o coro municipal. Já em Porto Alegre, após iniciar os estudos na Faculdade de Direito da UFRGS, passou a integrar o Coro Sinfônico da OSPA, nos anos de 1999 e 2000, tendo atuado em óperas e concertos. De 2014 a 2016, estudou com o mezzo-soprano Luciane Bottona. É aluno do curso de Bacharelado em Canto da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, na classe da Prof. Sílvia Carvalho, tendo ingressado no ano de 2015. Foi um dos solistas da Missa do Orfanato, de W. A. Mozart (Projeto Ópera na UFRGS), no Teatro São Pedro, em Porto Alegre. Tem participado de saraus e recitais no Instituto de Artes da UFRGS e em outros espaços de Porto Alegre, como a Casa da Música, a Sociedade Italiana e o Museu de Medicina do Rio Grande do Sul. Desde 2016, estuda sob a orientação do barítono Carlos Rodriguez.

CORAL DA PUCRS

Em 1946, o Curso de Letras criou o Clube de Línguas Vivas, onde os alunos reuniam-se para praticar os idiomas que estudavam. A execução das canções folclóricas e populares tornou-se a atividade preferida entre os alunos. Logo, os grupos acabaram se reunindo para formar um conjunto de canto folclórico, surgindo os Festivais da Primavera. Em seguida, foi constituído o Coral do Clube de Línguas Vivas. Com diversas apresentações pela Universidade, e fora dela, o Coral foi admitindo alunos de outros cursos, crescendo e, assim, surgiu o Coral da PUCRS. Sua primeira apresentação oficial foi em 30 de outubro de 1956. A partir de então, o Coral da PUCRS desenvolveu uma trajetória de muitas conquistas, realizando inúmeras apresentações como concertos, óperas, operetas, oratórios, cantatas, missas, etc. Teve como regentes: Ernesto Dewes (Irmão Fidêncio), Dinah Nery Pereira, Charlotte Kahle, Gilia Gerling e Frederico Gerling Júnior, que, entre 1972 e 2010, impulsionou a produção de óperas, oratórios e ballets, trazendo a público os títulos mais consagrados da história da música. Dentre as apresentações mais recentes do Coral da PUCRS, destacam-se o show com a banda The Rolling Stones, o Concertos Internacionais PUCRS com Harvard-Radcliffe Collegium Musicum, o show Letra e Música, com Kleiton/Kledir, os Concertos com a Orquestra Filarmônica da PUCRS, os Concertos do Coral da PUCRS, o musical A Música Através dos Tempos, além de eventos da FECORS e apresentações em Festivais de Coros no sul do país. Em 2016, o Coral da PUCRS recebeu a Medalha da Legislatura, concedida pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, homenageando seus 60 anos de atividades ininterruptas e enaltecendo a ação cultural efetiva que o grupo desenvolve em sua exitosa história. Atualmente o grupo faz parte do Instituto de Cultura da Universidade e conta com a regência do maestro Marcio Buzatto, a preparação vocal da soprano Cintia de los Santos e o acompanhamento da pianista Mariane Kerber.

SPHAERA MUNDI ORQUESTRA

É uma orquestra inspirada na ideia da Música das Esferas de Pitágoras, que representa a harmonia universal no cosmos, e procura promover um despertar da beleza que existe em cada um em conexão com a beleza da harmonia do universo. Com especialização nos Estados Unidos e Europa, todos os músicos possuem formação acadêmica e experiência internacional. Hoje, a maioria já integra grandes orquestras nacionais e internacionais, e hoje se reúnem para realizar este projeto que foca em dar uma nova vida e uma interpretação exuberante da obra de grandes compositores da música do período barroco e início do classicismo, como Vivaldi, Bach e Mozart. Sphaera Mundi tem se apresentado com regularidade em salas de concertos e museus do estado do RS sempre com a proposta de aproximar os mais diversos públicos da música clássica, de uma forma alegre e criativa.

AGENDA LÍRICA
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
Copyright © 2018 Agenda Lírica